sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Rastros!!!

Seria um programa que já estavam acostumados a fazer!!!

Haviam combinado se encontrarem na galeria onde ficava o cinema; iriam lanchar antes e, como já haviam comprado os ingressos, poderiam conversar até quase a hora de começar o filme; faziam desse modo sempre que iam ao cinema!!!

Ele chegou antes dela e escolheu uma mesa na qual teria visão da entrada da galeria, assim poderia vê-la assim que transpusesse a porta de entrada; foi o que aconteceu!!!

Ela estava especialmente maravilhosa naquela tarde; com um fino vestido de seda, ele a viu vindo em sua direção, com a esbeltez de seu corpo sendo percebida através do fino tecido, pois a luminosidade daquela tarde de sol também entrava galeria a dentro definindo todos os contornos daquele escultural corpo!!!

Isso o deixou louco de tesão e querendo reviver um passado não muito distante!!!

Eles haviam se conhecido por acaso; estavam em uma monótona festa de amigos em comum, quando seus olhares se cruzaram e leves sorrisos foram estampados em seus rostos; desse instante em diante foi fácil promover uma aproximação, bastou um pedido aos amigos em comum que logo foram apresentados e a conversa fluiu como se fossem velhos amigos, tal o magnetismo entre os dois!!!

Começaram um tórrido relacionamento que, por uma dessas ironias do destino, acabou não dando certo, mas que resultou em uma grande amizade entre eles!!!

Sempre que um não tinha companhia para um programa, cinema, teatro, exposições, contava com a companhia do outro, e assim foi naquela ensolarada tarde!!!

Ela havia ligado pela manhã, dizendo querer assistir aquele filme e ele concordou em acompanhá-la!!!

Já no interior do cinema, notaram que esse estava bem vazio, talvez devido a hora da sessão ou ao fato de o filme ser um daqueles obscuros filmes de produção alternativa que só fazem sucesso em festivais metidos a cult!!!

Escolheram onde sentar e, após alguns minutos, as luzes se apagaram e começou o filme!!!

E no escuro, as mãos se esbarravam ao pegarem pipoca do pote, coxas se roçavam a cada mudança de posição na poltrona, pequenos detalhes que unidos ao tesão que sentira ao vê-la contra a luz, fizeram que ele tentasse reviver o passado bem recente!!!

Primeiro a abraçou e a puxou para si, então, já que não houve resistência e, aparentemente, ela parecia querer a mesma coisa, aconteceu um leve e rápido beijo de reconhecimento; então toda a emoção do passado recente foi revivida!!!

Carícias foram trocadas, bocas foram saciadas, barreiras foram vencidas, como não aguentavam mais de tesão resolveram sair dali direto para um motel, e vestígios foram deixados para trás!!!

.


O pote de pipoca e a calcinha dela!!!

Porém não fariam falta!!!

A fome deles era bem outra e não seria saciada com pipocas!!!

E a calcinha? Bem, essa seria uma barreira a menos para saciarem a ânsia deles por prazer!!!

Nenhum comentário: