quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Vida Secreta!!!

Nascida no seio de uma família tradicional, dessas onde a aparência de ser e ter era mais importante do que o sentimento, as aspirações de uma pessoa, sua infância foi uma infância de uma criança nascida nesse tipo de família; cuidada muito mais por uma governanta do que pela própria mãe, convivendo mais com os serviçais da casa do que com os pais, tendo hora para tudo, todas suas atividades eram rigorosamente em horário previsto estivesse ou não disposta!!!

Antes mesmo de ingressar em uma escola, já sabia ler e escrever, fazer contas graças a professores contratados para aulas particulares; claro que a escola não poderia se uma qualquer, teria que ser uma a altura da tradição da família e, preferencialmente, fora do país e em regime de internato total; as melhores, sem dúvidas, eram as escolas suíças e foi para lá que foi mandada!!!

Todo esse rigor na educação, toda essa exigência na postura, toda essa imposição de parecer e de não mostrar os sentimentos, de não revelar o que se passa em seu íntimo, acabaram por moldá-la externamente, porém não foram suficientemente fortes para domar o que estava em seu interior!!!

Toda essa dualidade tinha um preço, um altíssimo preço por sinal, e ela acabou por ser obrigada a pagar esse preço!!!

Apesar da rigidez da aparência, da seriedade, da candura que essa aparência mostrava, no seu íntimo havia uma mulher liberta, uma mulher sedenta de prazeres, uma mulher que era um vulcão prestes a entrar em erupção, um mulher que desejava viver a Vida sem os grilhões impostos pelos laços familiares!!!

Convivia e vivia esse conflito em silêncio, sem ter com quem dividir!!!

Buscou, então, alternativas que pudessem servir de paliativo, de válvula de escape!!!

E encontrou!!!



Todas as tardes, quando a movimentação em sua casa era menor, trancava-se em seu quarto diante de um grande espelho com um livro, e, a medida que ia lendo, via, refletida no espelho, a mulher que trazia em seu interior, a mulher que era prisioneira daquela aparência externa!!!

Mulher fogosa, sedenta de Vida, ansiosa por prazeres, essa era a mulher que via refletida no espelho, mas que não poderia sonhar em viver!!!

Não poderia enquanto o livro estava em suas mãos!!!

Mas vivia quando se conectava, e como vivia!!!

Nenhum comentário: