sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Fantasias Realizadas!!!

A relação deles já durava cerca de oito anos; no início havia aquele ardor de novidade, de corpos sendo explorados, de bocas ávidas beijando, lambendo, sugando cada milímetro de pele de seus corpos sedentos de prazer!!!

Como a relação ia bem, acharam que seria hora de terem um filho!!!

Ela engravidou e, com o nível hormonal às alturas, sentia-se ao mesmo tempo desejada e rejeitada, embora ele sempre deixava claro que o desejo que sentia por ela não diminuíra, pelo contrário, vê-la grávida deixava-o mais excitado ainda, tanto que tinha que se controlar, buscar melhores posições para que ela não sentisse nenhum incomodo!!!

Nasceu a criança e, com isso, aumentaram as dificuldades de terem momentos íntimos mais prolongados!!!

Foi quando ele descobriu a Internet!!!

Ficava até altas horas conectado e isso chamou a atenção da mulher que também quis ver o que de tão interessante prendia a atenção de seu marido, então, quando estava sozinha e o bebê dormindo navegava pela Internet!!!

Acabou descobrindo como poderia satisfazer suas fantasias sem maiores comprometimentos; passou a visitar sites de BDSM e aflorou o desejo de ser submissa, de ser uma verdadeira escrava; uma descoberta dessa sempre muda o comportamento no dia a dia da pessoa, o que foi notado pelo homem!!!

Conversaram longamente, todas as cartas postas na mesa e, como também ele nutria certas fantasias, concluíram que deveriam tentar!!!

Amarrou-a na cama, colocou uma venda sobre seu olhos e, lentamente, começou a acariciá-la; ela foi a loucura, parecia que, privada da visão e impossibilitada de tocá-lo, havia aguçado seu tesão, todos seus poros, nervos, enfim todo seu corpo era uma máquina de prazer, então gozou como nunca havia gozado antes e o sentiu como nunca o sentira antes!!!

Levou certo tempo para que seu metabolismo voltasse ao normal e ela, sem coragem ou força, sequer retirou a venda ou pediu para ser desamarrada; ficou ali semidesfalecida!!!

.


Plenamente satisfeita por ter realizado a sua fantasia de ser submissa, ela sequer quis saber qual seria a do seu companheiro; supôs ser a de Dominante, de Mestre, e, para ela, isso bastava!!!

Mas a realidade era bem outra!!!

Vendada e amarrada, ela não pode perceber que outro homem a possuíra!!!

Sim!!! Essa era a fantasia dele: ver sua mulher sendo penetrada por um desconhecido!!!

Nenhum comentário: