segunda-feira, 31 de outubro de 2011

A Bela da Tarde!!!

No meio da tarde
Chegou de surpresa,
Sensual, sedenta de sexo.
Casa cheia de gente
Que se notaram foram discretos.

Subimos as escadas
Olhando um nos olhos do outro,
Mãos nas mãos,
Palpitar dos corações no mesmo compasso
E nossos sexos ficando úmidos ao mesmo tempo.

Nos trancamos no banheiro
Do segundo andar,
Nos despimos às pressas
E trepamos aliviando
A urgência de nos ter.
Rápida, porém delirante,
A ponto de nos deixar de pernas bambas.

Ajeitamos nossas roupas
E você logo se foi.

Ao voltar ao banheiro
Noto sua calcinha abandonada
No cantinho atrás do bidê.
Guardo-a no bolso.

Agora aqui nessa noite solitária
Ela me traz o perfume de seus sucos.


.

Nenhum comentário: