terça-feira, 17 de setembro de 2013

Entrego-me!!!



Continuo mudo e contemplo seu corpo nu.
E despido de preconceitos deixo que você, mulher,
Guie todo o proceder que nos proporcione
O gozo merecido!!!
Deixo que me pegue o membro
E nele sente e o sentindo dentro de você
Rebole num ritmo por vezes lento,
Por vezes intenso conforme seu gosto e desejo!!!

Prendendo meu membro em seu úmido túnel
Espreme e lhe impõe que jorre o leite
Quente e viscoso, objetivo de tudo
Que queremos, símbolo de nosso desejo.
Deixe seu gozo vir de novo,
Esfregue seu clitóris em meu ventre
Se entregue, deixe que esse momento
Se torne infinito, pois temos todo o tempo do mundo.

Rebole, solte gemidos, murmure meu nome
Diz que sou seu puto, pois é isso que sou.

Ou sonhe sonhos úmidos comigo
Que deixem nos lençóis
Os indícios desse desejo por mim!!!






































P.S. - Esse texto é um exercício que gosto de fazer: ESCREVER SEM A LETRA "A"!!!
É um desafio gostoso de se encarar e, às vezes, me dá uma satisfação maior do que escrever um texto normal!!! rsrsrs

Nenhum comentário: