terça-feira, 7 de junho de 2011

Sina!!!

Que sina a minha!!!

Meus ancestrais povoaram mitos e lendas, foram idolatrados e/ou odiados, viveram aventuras e desventuras. Estiveram presentes em toda uma cultura, uma das mais ricas da antiguidade!!!

Meus ancestrais aprisionaram donzelas para que cavaleiro com suas armaduras reluzentes viessem libertá-las e depois, como recompensa, levá-las para o leito e as desdonzelar!!!

Um dos meus ancestrais até está presente em uma saga do Santo Guerreiro, quer mais fama do que essa?

Pois é, que sina a minha!!!

Poderia ter nascido naquela época e, com certeza, não seria vencido nem pelos cavaleiros libertadores de donzelas e nem por santo nenhum. Seria o Senhor dos Ares, dos Mares e da Terra; lançaria bolas de fogos pelas ventas contra esses seres inferiores chamados de homens; seria idolatrado não só na mitologia chinesa, mas em todas as outras; seria um Deus!!!

Mas, que sina a minha!!!

Não nasci naquela época; não estou no imaginário de mais nenhum povo; não solto mais fogo pelas ventas; e, o pior, alguém reduziu consideravelmente o meu tamanho!!!

Não me chamam mais de DRAGÃO!!!
.


 


Que sina a minha: ser agora uma mera iguana no meio do deserto escaldante!!!

Mas ainda vou encontrar alguma donzela para aprisionar, isso vou!!!

Nenhum comentário: